Selecionados

Livro Ifigênia

Para um livro denso, que narra a vida de uma garota que se muda da França para a Venezuela nos anos 1920, foi elaborado um projeto gráfico que proporcionasse um grau de experimentação para a leitura. O livro é envolvido por uma sobrecapa envelope, com fechamento por um cordão, simulando o diário da jovem. A tipografia Bifur refere-se diretamente ao tempo e ao lugar em que o romance foi escrito. As partes de letras na capa são uma metáfora gráfica da desconstrução da protagonista. As cores foram emprestadas do artista gráfico brasileiro José Carlos de Brito e Cunha (1884-1950).

Ficha Técnica

Autoria
bloco gráfico
Cliente
editora carambaia
Ano
2016
Equipe
Design: Gabriela Castro, Gustavo Marchetti, Paulo André Chagas; Produção gráfica: Lilia Góes