Selecionados

Fanzines Bailes

  • Destaque

Para resgatar um momento importante da história da comunidade negra de São Paulo, quando os bailes eram plataformas de afirmação e resistência, foi elaborado um projeto editorial que deu voz a cinco discotecários da cidade nas décadas de 1960 e 1970. Tendo como eixos estruturais a memória oral de cada personagem, relacionando-a com uma das cinco zonas da metrópole (norte, sul, leste, oeste e centro), foi publicada a história de vida do entrevistado com textos, ilustrações e fotografias de acervo. Foi feita uma pesquisa gráfica sobre os circulares (nome dado a volantes e convites de festas na época), impressos em tipos móveis. Os fanzines são lâminas em formato aberto, impressas em 2 x 2 cores. Com o uso de uma faca especial, obteve-se aproveitamento total do papel: a publicação fica com o formato fechado de 16 cm x 21 cm.

Ficha Técnica

Autoria
Danilo de Paulo
Cliente
Autopublicação - Edições gráficafábrica
Ano
2016
Equipe
Projeto gráfico e edição: Danilo de Paulo; Edição e textos: Cecília Araújo; Impressão: Pancrom; Edições gráficafábrica
Comentário do Júri
“Beleza aliada à valorização da memória gráfica, da cultura oral, urbana e social. Projeto gráfico muito original, consistente e criativo na sua produção, que utiliza de forma exemplar as linguagens do fanzine e do cartaz com recursos de faca e dobras, resgatando e mostrando histórias musicais de vida. ”